Women of Change: Um filme sobre segundas chances

Nesse mês na mesma semana do London Fashion Week, o designer britânico Bethany Williams apresentou o filme “Women of Change”. Através deste filme, Bethany apresentou a sua coleção Spring/Summer 2018, fora dos desfiles sazonais e abrandando a indústria para criar coleções sociais, ambientalmente e conscientes.

Com a direção de  Crack Stevens, a colaboração aborda o tema “segundas chances” que desenha paralelos entre a segunda chance dada aos materiais descartados dos quais Bethany criou os tecidos em San Patrignano e a segunda chance para as mulheres envolvidas em ambos os programas inovadores. Em forma de narrativa poética inspirada pelas mulheres de San Patrignano e London College of Fashion, o programa Making for Change da UAL – dois programas pioneiros de reabilitação que trabalham em estreita colaboração com mulheres vulneráveis ​​e exploram seus diferentes caminhos para a reabilitação.

O longa presenta membros da comunidade de San Patrignano, um programa de reabilitação em Rimini na Itália, para pessoas com dependências de drogas que ensinam artesanato tradicional italiano e desenvolvem um senso de comunidade. Também apresenta as vozes das mulheres na Making for Change – uma unidade de fabricação estabelecida pelo Ministério da Justiça e London College of Fashion, UAL em 2014, que visa aumentar o bem-estar e reduzir as taxas de reincidência entre os participantes, equipando-os com equipamentos profissionais, habilidades e qualificações dentro de um ambiente de apoio, para que eles possam mais facilmente ganhar emprego e se reintegrar na sociedade em sua liberação. O filme celebra a força dessas comunidades e traz um olhar impressionante sobre como a moda pode afetar mudanças sociais e ambientais, e representa a visão do estilista para uma indústria da moda que tem o poder de impactar positivamente a vida das pessoas e como cada designer pode impactar o mundo através do design diferente e desafiar a indústria a ser melhor.

A coleção “Women of Change” – de mesmo nome do filme – desenvolveu-se através do envolvimento de Bethany em um projeto colaborativo em andamento entre Fondazione Zegna e London College of Fashion, UAL. O projeto considera as interações humanas associadas à fabricação de moda e facilita o diálogo entre estudantes e as comunidades de reabilitação de San Patrignano e Making for Change. As peças de Jersey da coleção também foram produzidas colaborativamente com as mulheres em Making for Change. Outros elementos denim dentro da coleção são obtidos junto a este e não selecionados antes de serem reconstituídos em roupas novas. O desfile incluiu a TIH Models, uma nova agência de modelos que apoia jovens em Londres afetados pelo sem-abrigo. 

As vendas das peças também canalizam dinheiro de volta para as empresas – 10% do lucro de cada peça vendida é doada para San Patrignano, e outros 10% são doados para o Making for Change da LCF para comprar novas máquinas.

Fique por dentro de todas as novidades!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Revista Catarina.

Seu endereço de e-mail*