O estilo de vida minimalista e sua relevância no mundo da moda

O minimalismo é uma corrente de comportamento que vem ganhando força nos últimos anos, por conta da necessidade que muitas pessoas sentiram de desacelerar. O mundo da moda está sentindo os efeitos desse movimento e busca se adaptar através de novas formas de produzir, vender e comunicar seus produtos.

Coleção – Acolá

Mas o que é o minimalismo? Joshua Fields Millburn & Ryan Nicodemus, idealizadores do site The Minimalists, definem de uma maneira resumida o minimalismo como uma ferramenta para se livrar dos excessos na vida, passando a focar no que é realmente importante. Eles já têm livros, podcast e um documentário lançado na Netflix contando suas experiências como adotantes desse estilo e como conseguiram encontrar a felicidade e, principalmente, a liberdade quando passaram a se questionar o que realmente adiciona valor às suas vidas. Para eles, a convivência com esse comportamento ajudou a descobrir suas missões, crescer como indivíduos, criar mais e consumir menos, além de muitos outros pontos importantes. O minimalismo busca inverter os valores do consumismo, onde a relação entre consumidor e produto não é movida por impulso, e sim o consumo de forma consciente.

 

Para quem quer seguir esse lifestyle é importante saber que não há uma receita pronta. Não há necessidade de privar-se de uma carreira, família, carro e bens materiais como muitos pensam. Na verdade cada pessoa precisa analisar sua vida e começar a se livrar de coisas tóxicas e que causam desfoque do seu propósito. É uma jornada que cada indivíduo constrói para si, em busca de uma vida com mais significado. Pode ser difícil no início, mas a cada novo passo dado vai se tornando mais prazeroso e mais indispensável. No theminimalists.com os criadores têm até uma espécie de desafio, pra quem quer tentar aderir ao estilo.

Alice Braga

Mas por que falar sobre minimalismo no mundo da moda? Muito além das tendências que vemos nas passarelas ou as roupas que vestimos, comportamento e consumo são fatores chave para compreender a moda e suas vertentes. Como os próprios seguidores do movimento contam, não é necessário (e nem muito comum) cessar o consumo totalmente, já que isso se adequa a cada indivíduo. Logo, os minimalistas também absorvem moda de alguma forma.

 

Temos vários movimentos andando em sintonia com a filosofia do minimalismo, um bom exemplo é o ‘Slow Fashion’, que tem conceito sustentável, sendo uma ótima alternativa à produção massificada de produtos de moda. Ele foi criado em 2008 pela inglesa Kate Fletcher, consultora e professora de design sustentável do britânico Centre for Sustainable Fashion, e tem raízes no movimento Slow Food. Assim como em relação ao minimalismo, ele incentiva que tenhamos mais consciência dos produtos que consumimos, além de prestar atenção em suas formas de produção.

 

Para você que tem interesse em aderir ao minimalismo, ou conhecer marcas que realmente produzem slow, aqui vão algumas que selecionamos: 

Acolá

ADA

Iglou Kids

Flávia Aranha

Envido

YES I AM

Reptilia

Sueka

Osklen

Edun

 

Fontes: The MinimalistsSlow Down Fashion.

Fique por dentro de todas as novidades!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Revista Catarina.

Seu endereço de e-mail*