Livro: O homem que vendeu o mundo – David Bowie e os anos 70

bowie_aladin_sane_1000px

O ano de 2014 é definitivamente do camaleão do rock aqui no Brasil. Além da badalada exposição “David Bowie Is” que homenagem o cantor britânico através de mais de 300 objetos que fazem parte de seu acervo pessoal e profissional, a editora Nossa Cultura acaba de anunciar que vai trazer para o Brasil o livro “O homem que vendeu o mundo – David Bowie e os anos 70”. A publicação escrita pelo historiador cultural Peter Doggett explora o rico legado da década mais produtiva e inspirada de Bowie. Um relato intenso sobre como a música de Bowie refletia e influenciava o mundo que o cercava. Partindo de Space Oddity (visão sombria da jornada da humanidade na desconhecida esfera espacial) e chegando até o álbum Scary Monsters, Doggett examina com detalhes o astro alienígena do rock, Ziggy Stardust, ousada criação de Bowie, bem como as explorações cada vez mais perigosas realizadas pelo músico acerca da natureza da identidade e do significado da fama. O mais bacana disso tudo é que no ano em que o artista completa 50 anos de carreira, quem ganha o presente somos nós. Vamos comemorar?

Serviços:

David Bowie Is
Fica em cartaz no Museu da Imagem e do Som (MIS) em São Paulo entre os dias 28 de janeiro a 21 de abril.

O homem que vendeu o mundo – David Bowie e os anos 70.
O livro tem lançamento previsto para o segundo semestre de 2014 pela editora Nossa Cultura.

Fique por dentro de todas as novidades!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Revista Catarina.

Seu endereço de e-mail*