História do Denim: saiba como tudo começou

Denim

Essa história teve seu início na cidade de Nimes, na França, em 1792. Nessa época, o tecido foi fabricado pela primeira vez e rapidamente passou a ser conhecido por “tecido de Nimes”. Por ser um tecido robusto, de grande durabilidade e não necessitar de muitos cuidados ele era usado tanto para trabalho no campo quanto para fazer as calças dos marinheiros e outros funcionários do porto de Gênova, na Itália. Os marinheiros genoveses tinham o costume de chamar “genes” as suas calças de trabalho, e quando pronunciavam a palavra com o sotaque italiano, a expressão foi se transformando e virou o “jeans” que conhecemos hoje.

Só no final do século 18 a criação ganhou uma nova versão nos Estados Unidos, através da indústria têxtil de Maryland, que desenvolveu e popularizou um tecido de algodão com trama de sarja. Esse novo produto foi apelidado de denim, por ser bem parecido com o Serge de Nîmes, e começou a ser usado para cobrir carroças de ouro. É ai que Levi Strauss (que no futuro iria fundar a famosa Levi’s) entra na história. O jovem tinha acabado de deixar a Baviéra, na Alemanha, para tentar a vida na América. Para começar a viver no novo continente, ele passou a vender lona para as carroças de mineiros e com a convivência foi percebendo que a roupa que eles usavam não eram adequadas para o tipo de trabalho. Ai veio a grande ideia: ele levou um dos trabalhadores a um alfaiate e fez para ele calças com o tecido que vendia para cobrir as carroças. Rapidamente a peça – que no início era marrom! – virou um sucesso.

7149993

Mas ainda faltava muito para ser o jeans que conhecemos hoje. A primeira criação de Levi não era muito flexível, o que limitava os movimentos dos trabalhadores. Então o jovem inventor foi procurar um tecido mais confortável e fácil de usar, e foi buscar essa inspiração na Europa, justamente encontrando o “tecido de Nimes”, que era desenvolvido com algodão sarjado. Ano após ano o jeans foi sendo aprimorado, os botões de metal foram acrescentados, a etiqueta de couro no cós das calças foram aplicadas, o azul – tão popular atualmente – só foi implementado em 1890, como uma estratégia para fazer com que a peça fosse mais atraente.

Como a peça se tornou o fenômeno que é hoje? O movimento começou a partir da década de 30, com os filmes americanos que mostravam cowboys vestindo o jeans. A Segunda Guerra Mundial também contribuiu, pois estimulava a imagem de virilidade que o tecido representava, sendo usado nas fardas do exército americano. Com isso o jeans foi se espalhando por todo o mundo, virando tendência e curiosamente fazendo o movimento inverso, das ruas para as passarelas.

Balmainwomena

Fique por dentro de todas as novidades!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Revista Catarina.

Seu endereço de e-mail*