Artigo: O difícil mundo da moda

Quando é conceitual demais, a imprensa especializada diz que não vai vender. Mas quando beira algo mais comercial, são roupas de prostituta, como se refere Robin Givhan para a “New York Mag” sobre a coleção de Hedi Slimane para a Saint Laurent Paris Verão 2014. Em seu texto, não faltaram alfinetadas em relação ao comprimento de saias, shorts e vestidos, decotes e o uso exagerado de brilho. Em uma época em que as mulheres saem às ruas para lutarem pelo direito de se vestirem como quiserem e tiram a roupa para mostrar que também sentem calor, Robin, com suas palavras especializadas, diz que os trajes propostos por Hedi são de garotas de programa. E se forem? Qual o problema em se criar ou inspirar-se nas classes marginalizadas pela sociedade? Vivienne Westwood não se cansa de beber dessa fonte e Alexandre Herchcovitch nos anos 1990 chegou a criar mais de 300 looks para a drag queen Márcia Pantera. O que tinha tudo para ser roupa escrachada, virou alternativo.

Com uma coleção repleta de homenagens aos clássicos da YSL, Hedi os recriou ao seu modo grunge com um toque dos anos 1980 e regados a tecidos tecnológicos. Todo esse mix de referências fez a jornalista se perguntar em outro trecho qual seria o público da coleção.  “Quem essas roupas feias, feias vão atrair? Que grande celebridade será sua fã? Miley Cyrus, que está alcançando a maturidade aos trancos e barrancos através de aparições sexies estranhas, usou Saint Laurent no Teen Choice Awards 2013. Acho que isso responde a pergunta”. Só não responde como acerta em cheio. Com uma coleção aparentemente focada em mulheres com menos de 30 anos e que simpatizam com um estilo hippie, Miley Cyrus certamente seria o nome certo para difundir esse novo momento da Saint Laurent. Vivemos em uma época que todo mundo quer curtir a vida adoidado. Basta acessar o Facebook, por exemplo, que não faltam provas disso – são inúmeros check-ins, fotos em baladas, roupas de grife e muita bebida. We can’t stop this generation.

Tudo indica que Hedi Slimane está no caminho certo nesse novo processo de revitalização da Saint Laurent – interpretar os dias atuais e os desejos dos consumidores sempre funcionou melhor do que atrair uma grande celebridade. No mais, apoio de grandes nomes como a revista Vogue América o estilista já tem, então, nada mais justo do que a grife que vestiu uma mulher de calças que diga a hora de tirá-la.

 

SAINT LAURENT VERÃO 2014 (2) SAINT LAURENT VERÃO 2014 (3) SAINT LAURENT VERÃO 2014 (4) SAINT LAURENT VERÃO 2014 (5) SAINT LAURENT VERÃO 2014

 

Texto: Antônio Turnes

Imagens: IMAXTree

Fique por dentro de todas as novidades!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Revista Catarina.

Seu endereço de e-mail*