ADIDAS: TEMPO DE REINVENTAR

Fashion from Kanye West's Yeezy Boost shoe line for Adidas is modeled on Thursday, Feb. 12, 2015, during Fashion Week in New York. (AP Photo/Bebeto Matthews)

Fashion from Kanye West’s Yeezy Boost shoe line for Adidas is modeled on Thursday, Feb. 12, 2015, during Fashion Week in New York. (AP Photo/Bebeto Matthews)

Os primeiros passos para a virada da Adidas teve seu principal marco com o New York Fashion Week de fevereiro de 2015. Sites de moda do mundo todo faziam suas apostas sobre o que estava por vir da coleção em parceria entre a gigante de sportwear e o midiático rapper Kanye West. A front row megaestrelada, com nomes como Ana Wintour, Beyonce, Jay Z e Kim Kardashian faziam o Instagram vibrar de ansiedade. Cada clique era rapidamente comentado e compartilhado. A linha Yeezy era o prelúdio do sucesso estrondoso que a marca iria experimentar com suas colaborações.

O sneaker Yeezy Boost 350, desfilado em Nova York, esgotou em apenas uma hora após seu lançamento, tanto na loja online quanto na física, onde filas e mais filas se acumulavam de Chicago à Londres. No Twitter, fãs da marca compartilhavam a dificuldade que tinham para conseguir encontrar o modelo. Uma verdadeira batalha para ver quem fechava a compra com mais rapidez e garantia o cobiçado tênis. O Yeezy Boost teve seis versões até agora, todas elas esgotadas instantaneamente nos Estados Unidos, e em menos de uma hora na Europa e Canadá.

Claro que essa não foi a primeira parceria da marca, que ensaia esse movimento desde os anos 80, quando se juntou a Run D.M.C para repaginar o modelo Superstar. Na época, o grupo chegou até a lançar um single em conjunto com a estreia do modelo, chamado “My Adidas”. A partir dai vieram modelos com Stella McCartney, Jeremy Scott, Yohji Yamamoto, Raf Simons, Rita Ora, Katy Perry, Pharell Williams e muitos outros. Com tanta criatividade em jogo, vimos a marca fazer lentamente a transição da quadra para as ruas, se solidificando como uma label de lifestyle.

A Adidas Originals, fundada em 2000, nasceu com o propósito de celebrar a originalidade. As peças da marca fogem do tradicional, sem as exigências esportivas necessárias nos produtos da ADIDAS. Esse segmento cria releituras com os primeiros modelos criados por Adi Dassler – fundador ADIDAS –, transformando-os a partir do estilo de cada colaborador e coleção. Um ótimo exemplo disso é a linha Supercolor assinada por Pharrell Williams, que repaginou o modelo Superstar em 50 tonalidades, celebrando a igualdade por meio da diversidade. A colaboração fez tanto sucesso que Pharrell voltou com outras criações, entre elas, a Supershell, onde quatro artistas convidados levaram suas visões de mundo e criatividade para a ponteira dos sneakers.

adidas2

Uma após uma, as coleções ajudaram a mudar a identidade que a marca tem diante do público, e de repente, além das raízes esportivas já conhecidas, a Adidas começou a fazer parte do street-style de moda. A linguagem da marca se fortificou nas redes sociais e ela passou a aparecer com cada vez mais frequência em blogs e sites. Atualmente, a conta do Instagram da Adidas Originals já ultrapassa os números da conta relacionada a marca ADIDAS. A primeira já acumula 13, 8 milhões de seguidores, enquanto a segunda apresenta 10,2 milhões.

Outros números animadores foram proporcionados pelo CEO da label, Herbert Hainer, em entrevista sobre esse novo momento da marca: as vendas da Adidas Originals cresceram 29% nos primeiros quatro meses de 2015, comparados aos 3% do mesmo período em 2014. No segundo trimestre de 2015 o lucro da marca chegou a 234 milhões de euros. No primeiro trimestre de 2016, o crescimento das vendas já marcava os 22%.

Um elemento importante para esse posicionamento ter dado tão certo é o fato de que as colaborações não envolvem apenas a criação de sneakers, cada criador tem a liberdade de transitar entre linhas de vestuário e calçados, imprimindo o que realmente acredita em cada peça. E é essa a parte mais valiosa do jogo, a Adidas Originals produz para o consumidor que busca algo especial, com assinatura e edição limitada.

Com um trabalho consistente de reinvenção e bons parceiros que realmente se envolvem na elaboração do produto, a Adidas criou um poderoso diferencial, trazendo um novo estilo para a indústria de sportwear. Uma união interessante entre mercado, cultura pop e uma legião de fãs ultra conectados que não perdem tempo na hora de comprar e postar!

HyperFocal: 0

HyperFocal: 0

Fique por dentro de todas as novidades!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Revista Catarina.

Seu endereço de e-mail*